terça-feira, setembro 19, 2006

hoje sento-me assim...



Como leitor assíduo de um ou dois blogues, que não merecem sequer referência por esse bastião da crítica que é a Rita Ferro Rodrigues (nas suas sugestões do Expresso) , insurjo-me contra um padrão. Tenho notado que os autores colocam, acoplado à sua mensagem para o mundo - vulgo peido mental - , um campo fixo onde explanam o seu mood ou a song do momento. Nunca nada disto em português, "ai jasus", porque é coisa de gaja.

Decidido a tornar-me num profissional das lides da escrita onanista vou também iniciar a minha inútil informação de estado ao escrever a mensagem. O peixe apanha-se é pela boca e o meu estado intestinal está directamente ligado ao meu humor. Por isso nada mais acertado do que iniciar a rúbrica "a minha caquinha de hoje".

O objectivo é que o leitor proactivamente leia nas minhas fezes (qual xamã congolês) se eu estou ou não bom de assoar. Exemplos:

Hoje a minha caquinha saíu mais parecia um nougat. Devia evitar as graínhas das uvas.

Hoje a minha caquinha largou um fedor da casa de banho à cozinha que impestou ainda um pouco do hall e da escada comum do prédio. Como de costume culpámos a porteira pela má qualidade dos produtos de lavagem dessas zonas.

Hoje a minha caquinha custou mas foi. Quase que saiu de lado e agora percebo quando ouvia à gente lá da terra que "a traziam como uma romã madura".

Hoje a minha caquinha estava um primor que apetecia beijar... ou comer! Direitinha como uma fartura. Se ali tivesse açucar e canela chamava-lhe um figuinho!

4 comentários:

Anónimo disse...

és grande ó coisinho!

João M disse...

as senhoras da limpeza lá do trabalho usam um detergente que cheira a baunilha mas realmente o que parece é que alguém andou a vomitar leite creme, o que seria possível, porque a cantina serve leite creme ao almoço.

Anónimo disse...

És muito redutor! Não haverá maneiras menos malcheirosas de adivinhar o mood das pessoas...?
Vilgateira

COCOnaVENTOINHA disse...

Urge este comentário uma explicação...

Cara Vil Gateira,

Conforme o próprio nome em-dica, Cócó Na Ventoinha é uma expressão inglesa que designa uma ideia de baixa qualidade que é espalhada aos quatro ventos.

Sendo o sarcasmo e a ironia figuras de estilo que tenho por próximas dei-me com elas a criticar os designativos de humor (mood) de outros blogs.

Redutor, sim. Tal como o são os outros métodos de colocar a musiquinha ou um sorridente pré-formatado. Mas não pode negar que esta forma além de original permite uma mais completa e clara paleta de humores!

Da Portela de Sacavém, com amor, me despeço.

 
Free counter and web stats