terça-feira, maio 24, 2005

notícias interessantes para ler no caminho para o escritório e fazer conversa de café

Testes de ADN contra a bosteca canina
Em concelho municipal da cidade de Viena sugeriu-se a análise de ADN dos presentes deixados no caminho pelos perros canhotos de modo a punir os seus mestres, culpados de deixar o animal aliviar-se livremente na via pública.

O belga consome 11,6 Kg de queijo por ano
Em 2004 o consumidor médio belga comprou 11,6Kg de queijo . Este é o resultado de um inquérito do Centro Flamengo de Marketing Agro-Pecuário levado a cabo consultando 3000 famílias belgas. Estima-se que para aquele consumo de queijo se tenham gasto anualmente 95€ por pessoa. Em relação ao ano anterior houve um aumento de 4% em volume e 4,5% em valor. O queijo de de pasta dura, do tipo Gouda, representa a maior parte do queijo consumido - 54%. O queijo de cabra parece ser o que menos consumo tem, levando apenas uma fatia de 2%.

Deixa-te (e)levar pelo maior balão do mundo
O Aerófilo é o maior balão cativo do mundo e encontra-se em bruxelas. Envolve 5500 metros cúbicos de hélio, gaz inerte e ininflamável. Tem um cesto circular que pode acolher até 30 pessoas. Liga-o ao solo um cabo que, uma vez desenrolado, deixa elevar os balonautas a 150 metros de altitude.

7 comentários:

Anónimo disse...

Q desassossego era so o q te faltava experimentar, nos dias em q nao voas ...Ali-S

.toquio disse...

parece impossível... um cientista escrever ADN.

tsc tsc tsc

COCOnaVENTOINHA disse...

É verdade, se há coisa que eu gosto é da minha língua-mãe e nela o acrónimo de ácido desoxirribonucleíco é ADN!

Além disso, foi traduzido do Francês
em que a sequência do tripleto permanece a mesma(ia dizer codão mas não obedece à regra ACGTU).

Alias prefiro mesmo um ádêéne a um dêéneá que muitas vezes degenera na oralidade para dêéná ou no estremo dená.

pedro disse...

afinal como se diz? não é ADN?

.toquio disse...

sr. cocó: se gosta tanto da sua língua-mãe porque chama ATP à adenosina tri-Fosfato?

pedro: desde que entrei na faculdade sempre me falaram em DNA. creio [não estou certo] que há uma regra mais ou menos oficial que aconselha o uso do termo DNA por ser mais facilmente inteligível por todos.

além disso há um montão de moléculas que não são traduzidas para português [ver exemplo acima]. até mesmo o RNA, que é o primo do DNA [acho que nunca ouvi ninguém dizer ARN].

e então traduz-se DNA para ADN porquê? porque é uma molécula da moda e aparece em todos os jornais e é para o "povo" perceber?

vilas disse...

pfffff.... who cares anyway???? ainda se estivessem a discutir sobre a paris hilton!

cata disse...

Por acaso já vi escrito ARN em qualquer lado.
E a sugestão foi aceite?? (realmente é uma boa notícia para fazer conversa de café!)

 
Free counter and web stats